Na mídia

Festival reflete sobre o negro na literatura

Professora, escritora e poeta de Rio Preto que integra a coletânea ‘Cadernos Negros’ é a convidada do FAL nesta quarta-feira, 3.

Uma dos nomes da região de Rio Preto que participam da publicação “Cadernos Negros”, obra referencial da militância negra brasileira por meio da literatura, a professora, escritora e poeta Luana Passos participa da programação do Festival Ações Literárias (FAL) nesta quarta-feira, 3. Em bate-papo virtual que será exibido pelo Facebook e Youtube da casa de criar – escritório de arte, ela reflete sobre o protagonismo do negro e da mulher na literatura brasileira.

Autora de poemas e contos, Luana participa da coletânea “Cadernos Negros” desde 2018. No ano passado, a publicação da Quilombhoje Literatura figurou como finalista no Prêmio Jabuti, na categoria contos. E ela se faz presente na obra, com o conto “O Farol”.

Em entrevista concedida ao Diário da Região em outubro de 2020, na ocasião da indicação de “Cadernos Negros” ao Jabuti, ela destacou que a literatura é uma forma de militância para negros e negras, pois “humaniza e revela o que acontece no ambiente social, envolvendo os mais diversos temas que permeiam a realidade do povo negro”.

Além do bate-papo com Luana, a programação desta quarta, 3, do FAL ainda traz a performance “Conversas ao Redor do Fogão”, com a antropóloga e cozinheira Carol Capelli, a apresentação do espetáculo de teatro lambe-lambe “[Histórias Encaixotadas]”, da Varanda, e a discotecagem “Útero Sonoro”, com DJ Basim.

O que rola hoje

14h – Performance ‘Conversas ao redor do fogão’, com Carolina Manzato e Carol Capelli

15h – Oficina de fanzine, com juny-kp!

18h – Espetáculo ‘[Histórias Encaixotadas]’, com Varanda Teatro

20h – Bate-papo com Luana Passos

22h – Discotecagem ‘Útero Sonoro’, com DJ Basim

Fonte: Diário da Região

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.